Fique10


Gustavo Borges – Recordista Mundial de Natação by editorfique10
Gustavo Borges no Jogos PAN-AMERICANOS

Gustavo Borges no Jogos PAN-AMERICANOS

O recordista brasileiro em medalhas Pan-Americanas Gustavo Borges atuou em diversos clubes, já foi medalhista olímpico quatro vezes e recentemente lançou com a Cepall quatro dvd’s sobre a linha Acqua. Nesta entrevista, o atleta fala sobre o começo de sua carreira, seu lado empresário e a rede de academias que tem pelo Brasil. Confira abaixo:

1-Como foi que você chegou na natação e porque a escolheu?
Comecei a nadar pois sempre tive incentivo e muitos amigos que nadavam na época, o que facilitou minha entrada.

2-Sua carreira teve início na cidade de Ituverava, interior de São Paulo, e depois você representou o Clube Pinheiros. Conte-nos um pouco sobre a importância que este clubes trouxeram para sua carreira.
Em vários clubes fiz minha transição até chegar no nível profissional. Todos foram importantes em termos técnicos e ajudaram minha chegada aos EUA, em 1990.

3-Você é medalhista olímpico de natação por quatro vezes e é considerado recordista brasileiro em medalhas Pan-Americanas, medalhas da Copa do Mundo e recordista Mundial de natação. Qual foi a medalha mais importante que ganhou?
As quatro medalhas olímpicas com certeza são as mais importantes.

4-A última vez oficial que você competiu foi na Olimpíada de Atenas. Qual foi a sensação que teve por ser a última vez?
Foi um misto de alegria e tristeza, pois encerrei um ciclo e comecei outro. No dia a dia, a natação é muito cansativa,  entao a transição foi natural não foi traumática. Eu estava preparado para parar, mas sabia que ia sentir muita saudade.

5-Você tem alguma rotina diária de exercícios?
Sim, pratico 1 hora de exercícios diários (musculação, corrida) e aos finais de semana faço esportes leves, como tênis e vôlei, por exemplo.

6-O Troféu Gustavo Borges durou onze edições e a partir deste ano não terá mais. Você o substituirá por outro projeto? 
A princípio não. A tendência é resgatar o troféu de novo nos próximos anos.

7-Em quem você aposta atualmente na natação?
Atualmente o César Cielo, mas tem muitas pessoas boas também
.

8-Agora como empresário, como que você contribui para a natação? Fale um pouco sobre a expansão da sua rede de academias.
A ideia é crescer como rede de ensino na metodologia e como empresa. Pretendemos no ano que vem crescer pelo menos em 80 novas unidades.

-Recentemente, a Cepall lançou quatro dvd’s com você sobre o produto Acqua. Como foi que surgiu esta parceria?
Foram vários anos de conversa, contato e uma sinergia em comum da Cepall com o nosso interesse de divulgar algo que trabalhamos e ensinamos no dia a dia. Aí conseguimos unir as empresas e as vontades para produzir e lançar estes quatro dvds.

10-O ex-nadador Eduardo Scavone Schiesari (o Francês) é o assessor técnico de sua metodologia e vocês se conhecem desde o clube Pinheiros. Como funciona o trabalho que vocês exercem juntos?
Ele atua como colaborador e ajuda no desenvolvimento de produtos , como foi o caso dos dvd’s do produto Acqua.

Anúncios


Fernanda Keller – 5 vezes campeã do Ironman Brasil by editorfique10

Triathleta

Ferndanda Keller - Triathleta

A triatleta carioca Fernanda Keller já pratica há 25 anos triatlo, modalidade que reúne em uma mesma competição etapas de natação, ciclismo e corrida. Ela, que sempre usou elásticos em sua preparação física, agora assina diversas linhas da empresa Cepall, especializada em acessórios para fitness. Nessa entrevista, ela dá dicas de como se tornar um atleta bem sucedido, comenta sobre seus importantes títulos e explica sobre sua instituição social no Rio de Janeiro. Confira abaixo:

Você assinou com a marca de fitness  Cepall. Qual a importância dos exercícios físicos na sua rotina?
Fundamental para todas as pessoas que buscam saúde, principalmente os atletas , que além de tudo visam performance.

Para ser um triatleta precisa de muita  dedicação e esforço. Como foi que você começou nessa modalidade?
Fui uma das  pioneiras e o Triathlon era uma  grande novidade. Descobrimos em 1982 um esporte e um estilo de vida. A primeira prova no Rio de Janeiro foi muito bonita! Nadavámos em Guaratiba, pedalávamos até o quebra – mar na barra e corríamos até copacabana, quase a orla toda do rio. As distâncias eram bastante longas para a época, quase um meio ironman. O meu maior desafio era conseguir completar a prova! Consegui ter sucesso e muito feliz completei meu primeiro triathlon. Fiquei muito motivada para continuar me desafiando em outras provas.

Você é única atleta brasileira que  participou de 23 edições seguidas do Ironman. O que você aconselha a quem vai começar neste esporte agora?
A dica que eu dou é procurar a orientação de um profissional de Educação Física, especializado em Triathlon, para orientar nos treinos e curtir a natureza e a chance de ser atleta.

Qual o título que você considera o mais  importante da sua carreira?
5 vezes campeã do Ironman Brasil, 6 vezes medalha de bronze no Campeonato Mundial de Ironman Hawaii e 14 vezes TOP10 no mesmo  Campeonato Mundial de Ironman Hawaii.

Sua rotina exige uma alimentação leve e  balanceada. Segue alguma dieta ou cardápio?
Já fiz várias consultas com nutricionistas e sempre procuro fazer para me atualizar. Geralmente, os nutricionistas pouco alteram a minha dieta, já que minha alimentação consiste em alimentos de alto teor nutritivo e preparados da forma mais saudável possível. Eu como frutas, legumes, verduras diversos, vários tipos de grãos, proteína magra como peixes e um pouco de frango, muito suco de frutas e legumes, àgua de coco, queijo branco, pães variados, geléias e como ninguém precisa ser radical um brigadeiro e um sorvetinho às vezes para alegrar, não tem problema algum.

Quantos litros de água você bebe por  dia?
De 3 a 5 litros.

Com o passar dos anos, você mudou algo em  seu treinamento?
Sempre leio e pesquiso sobre novidades e lançamentos.

Quem você  considera o atleta mais completo?
Duke kahanamoku.

Quantas pessoas tem na sua  equipe?
Depende do momento.

Você tem uma instituição social em  Niterói/RJ que leva seu nome. Como surgiu a idéia?
O projeto é voltado para o atendimento de crianças e adolescentes de baixa renda, com idades entre 07 e 17 anos, todos os estudantes da rede pública de ensino. O projeto de triatlon, além de educar para o esporte, visa à formação por inteiro do indivíduo, possibilitando desenvolver suas competências, alicerçando a cidadania, objetivando o bem-estar físico e mental. Com a finalidade de dar maiores condições de atendimento às crianças e adolescentes e assim poder atender  a enorme demanda por vagas, foi fundado, em maio de 2001, o Instituto Fernanda Keller, para que, de uma forma ainda mais efetiva, através de planejamentos, estratégias e parcerias,  possa propor novos projetos e iniciativas de expansão.



Os benefícios e malefícios do verão para o seu coração by editorfique10
dezembro 3, 2009, 11:14 am
Filed under: saúde | Tags: , , , , ,

Bastam as temperaturas subirem que todo mundo já quer ir para praia. Apesar da estação mais quente do ano começar no calendário dia 21 de dezembro e acabar dia 21 de março, desde já sofremos com o calor em excesso. É comum as pessoas desejarem entrar em forma rápido para o verão. E para correr atrás do prejuízo causado pelos excessos das festas de fim de ano, rapidamente começam a frequentar academias e fazer qualquer tipo de esporte para ter um resultado imediato. É aí que mora o perigo. De acordo com o cardiologista Hélio Castello, responsável pela área de hemodinâmica do Hospital Leforte, no bairro do Morumbi, em São Paulo, tanto as mulheres quanto os homens sempre esquecem de fazer o check up, que inclui uma avaliação clínica para detectar hipertensão, arritmias, diabetes e exames laboratoriais de rotina, como níveis de glicemia, função renal, colesterol e, dependendo da idade, teste ergométrico. “Quem já sofre de problemas no coração deve realizar uma avaliação cardiovascular e ter prévia autorização médica para a prática do exercício. Use roupas leves e evite malhas sintéticas, pois elas retêm o calor. Vale também a orientação de um professor de educação física”, afirma Hélio Castello.

 O cardiologista alerta quem é hipertenso e diz que o verão ajuda, em parte,  estas pessoas, pois a pressão tende a abaixar, porém deve-se lembrar que o controle com medicamentos deve ser mantido, retornando no médico caso haja necessidade de ajustes, e nunca diminuir a dose por conta própria. A taxa ideal da pressão arterial, segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), é de 12 por 8. Até 13 por 9 é considerado dentro do aceitável. “No calor as pessoas não dão a devida atenção à alimentação e muitas vezes ficam ansiosas para melhorar a estética, correndo risco de complicações cardíacas, por não conhecerem bem seu estado clínico”, diz o médico.

Os idosos, com o aumento da temperatura, tendem a ficar desidratados devido a exposição ao sol. Essa desidratação nos dias mais quentes, faz com que aumente a viscosidade do sangue e, portanto, a chance de formação de coágulos (trombos) que causariam o entupimento dos vasos. Para isso, o especialista aconselha a realizar os exercícios físicos sempre de manhã, até às 10h, ou após às 16h, que são os horários em que o sol está menos perigoso e prejudicial, e também controlar a pressão com regularidade (duas vezes ao dia). Tanto cardiopatas quanto pessoas que não sofrem de problemas no coração, devem beber muita água, no mínimo 2 litros por dia, e passar filtro solar diariamente.

Apresentação Dr. Hélio Castello:

– Graduado em Medicina pela Faculdade de Medicina de Santo Amaro – 1986;

– Especialista em Cardiologia pela UNIFESP;

– Especialista em Cardiologia pela Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC);

– Mestre em Cardiologia pela UNIFESP – 1993;

– Membro Titular da Sociedade Brasileira de Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista (SBHCI);

– Membro Fundador da Sociedade Latino-americana de Cardiologia Intervencionista (SOLACI);

– MBA em Gestão Hospitalar e Sistemas de Saúde pela FGV;

– Delegado Regional SUDEST da Diretoria de Qualidade Profissional da SBHCI;

– Responsável pela área de hemodinâmica do Hospital Leforte (Morumbi-SP)

– Diretor da Angiocardio.

Divulgação: Rojas Comunicação 



A beldade Tânia Oliveira (ex-Panicat) by editorfique10

A beldade Tânia Oliveira ficou conhecida como ex-panicat do programa “Pânico na TV” e hoje apresenta o programa “Interligado”, da RedeTV,  que é exibido a partir da 0h45 às segundas-feiras; de terça a sexta logo após o “Programa Amaury Jr”; e aos domingos a partir das 16h15 (horário de Brasília). Além disso, ela continua no ranking das 100 mulheres mais sexies do mundo pela revista Vip, em 42º lugar, logo à frente de estrelas globais – como Alinne Moraes (78º), Mariana Ximenes (73º), Taís Araújo (68º) e Paola Oliveira (65º) – e até mesmo de Gisele Bundchen (45º) e Madonna (49º).  Tânia é professora de Educação Física e está cuidando ainda mais de seu corpo e beleza, pois no Carnaval 2010 desfilará em duas escolas: na Tom Maior, em SP, e na Mocidade Independente de Padre Miguel, do Rio. Conheça seus 10 segredos de beleza:

  • Não tenho o costume de beber refrigerantes. Nem mesmo diets ou zero. Substituo sempre por suco ou água de coco
  • Bebo, pelo menos, 2 litros de água por dia. É importante manter a hidratação do corpo e eliminar as toxinas
  • Nunca durmo de maquiagem. Utilizo sempre um sabonete adequado para a limpeza da pele, que é mais sensível que o restante do corpo
  • Alimentos muito salgados não fazem parte do meu cardápio. O sal retém líquido no corpo, o que nos deixa mais inchada, e prejudicam a pressão arterial
  • Pratico exercícios físicos que me proporcionam prazer, pois ajudam a deixar o corpo e mente em perfeito estado
  • Prefiro alimentos integrais, pois possuem carboidratos que são muito mais saudáveis que os carboidratos simples (Pão francês tradicional, massas tradicionais e etc)
  • Alimentos enlatados e industrializados não entram em casa. Dou preferência para alimentos frescos, sem conservantes e orgânicos
  • Não vivo sem filtro solar. Uso um específico para os cabelos, e deixo sempre um no carro para passar nas mãos que ficam expostas quando estou dirigindo
  • Não fumo e evito comer frituras que fazem mal a saúde e doces em excesso
  • Procuro viver com qualidade. Isso inclui: dormir bem, se alimentar bem, praticar exercícios, proteger a pele dos raios solares e ter hábitos saudáveis